• Alpha Coworking

Pesquisa: home office está estressando os trabalhadores

O LinkedIn fez uma pesquisa com 2 mil profissionais que estão em home office e mostrou que 62% deles estão mais ansiosos e estressados com o trabalho do que quando estavam nos escritórios.


A adoção do home office foi vista positiva por muitas empresas, já que boa parte delas observou um aumento exponencial na produtividade dos funcionários. A pesquisa, no entanto, mostra que os profissionais estão trabalhando pelo menos uma hora a mais por dia (68%) ou até quatro horas por dia (21%).


Apesar disso, 33% dos entrevistados se sentem mais produtivos por estarem em casa e com menos distrações.


Cerca de 24% dizem estar mais pressionados a responder mensagens imediatamente e estar online por mais tempo do que estariam normalmente no escritório. Além disso, 18% revelaram a preocupação de se mostrarem ocupados com o trabalho por medo de perder o emprego e 27% enviam e-mails fora do expediente para mostrar que estão trabalhando.


A falta de contato com os colegas de trabalho também é outro problema, já que 39% dos entrevistados se sentem solitários em casa, 30% se dizem estressados pela falta de descontração no trabalho e 20% sentem-se inseguros por não saberem o que está acontecendo com os colegas e com a empresa onde trabalham.


O lado bom do trabalho em casa, afirmaram os entrevistados, foi o aumento na qualidade de vida. Aproximadamente 59% deles afirmaram que o tempo em família está melhor e 32% estão cuidando da alimentação.


Já a parte negativa envolve a distração com notícias sobre a Covid-19 (34%), as dificuldades em conciliar trabalho e cuidado com os filhos (20%) e os desafios em trabalhar com o parceiro em casa (22%).



COWORKING


A pandemia acelerou transformações que já se desenhavam. Grandes escritórios, com dezenas ou centenas de pessoas trabalhando, e equipes inteiras dedicadas a cuidar dessa atividade-meio, não serão recomendáveis na nova realidade das empresas. O teletrabalho é adotado hoje por milhões de pessoas em todo o mundo e a experiência gerou resultados positivos. Muitas empresas brasileiras já estão anunciando que nos pós pandemia manterão seus colaboradores afastados das sedes das empresas cujos espaços que hoje ocupam serão reduzidos.


Home office e coworking já eram opções conhecidas, agora tornaram-se necessárias. Essas duas possibilidades não são concorrentes, são complementares. Nem todo mundo pode trabalhar em casa por variadas razões, podem por alguns dias na semana, mas não podem permanentemente, precisam interagir com seus colegas do mesmo projeto ou departamento. Para estes, e para outros em variadas circunstâncias, o lugar que se ajusta melhor ao perfil, às características pessoais e necessidades do seu trabalho é um coworking estrategicamente situado na cidade. O coworking é uma medida prática de redução de custos e de tempo para o empresário. Dispensa-o de muitas ocupações desnecessárias permitindo seu foco total no negócio.